tiro ao alvo clube556

Quanto custa para tirar porte de arma?

Em junho de 2019, o Governo Federal assinou decretos que flexibilizaram as regras para o porte de armas no Brasil. Sabendo disso, vamos discutir nesse artigo quanto custa para tirar porte de arma.

Então, além de poderem ter a posse de uma arma – que possibilita a compra e o registro de armamentos para serem mantidos em casa ou local de trabalho – , os cidadãos habilitados poderão obter o porte de arma, que é a possibilidade de levar a arma consigo.

Assim, mesmo ampliando os habilitados a possuírem o porte, continua havendo toda uma preparação anterior, assim como os custos relativos.

Você sabe quanto custa para tirar o porte de arma no Brasil? Neste artigo, vamos explicar tudo!

Quem poderá possuir arma

  • Agentes públicos (na ativa ou não): agentes de segurança, agentes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), agentes penitenciários, agentes do sistema socioeducativo e trabalhadores de polícia administrativa;
  • Militares (na ativa ou não);
  • Moradores de área rural;
  • Moradores de áreas urbanas com altos índices de violência (índices anuais de mais de dez homicídios por cem mil habitantes);
  • Proprietários ou responsáveis legais de comércios ou indústrias;
  • Colecionadores, atiradores e caçadores, com registro no Comando do Exército.

Assim, os possíveis habilitados listados acima, se civis, ainda devem:

  • Ter 25 anos de idade;
  • Não ter condenação ou estar respondendo a inquérito ou processo criminal;
  • Exame psicológico obrigatório;
  • Comprovação de ocupação lícita e residência certa;
  • Curso em clube de tiro para obter a autorização para o porte de armas.

Custos

Primeiramente, o custo da arma em si leva em consideração o valor da regularização da situação do interessado, que envolve o cumprimento de exigências legais, além da documentação necessária.

Com a calibragem permitida, a arma mais barata à venda no país – um revólver .38 – custa a partir de 3 mil reais.

Antes de poder comprar o armamento desejado, são necessários os pagamentos de:

  • Registro na Polícia Federal para a manutenção do revólver em casa ou no local de trabalho (válido por dez anos): R$ 88,00;
  • Avaliação psicológica emitida por um profissional credenciado e habilitado pela Polícia Federal para a confirmação da aptidão para possuir o armamento em casa ou trabalho: entre R$ 280,87 a R$ 655, 36;
  • Comprovação de capacidade técnica para manusear uma arma de fogo: R$ 80,00;
  • Custeio de munição gasta e, se for o caso, despesas com o aluguel de arma e do estande de tiros: entre R$ 240,00 e R$ 300,00.

A importância do curso para tirar o porte de armas

A posse e o porte de uma arma ligam-se ao direito de legítima defesa, pois assim, o cidadão pode optar por ter e carregar consigo uma arma para sua proteção.

Dessa forma, saber manusear corretamente e com respeito os armamentos é essencial.

Os cursos básicos para a obtenção da comprovação da capacidade técnica para manuseio de arma de fogo, envolvem:

  • Iniciar o aluno aos princípios básicos do tiro e manuseio correto de uma arma de fogo;

Aulas de tiro realizadas em estande, com supervisão de instrutores profissionais. A Clube 556 oferece cursos de tiro tático, entre em contato conosco e te mostramos o caminho para poder praticar esse esporte. Clique aqui e veja nossos cursos!

Quer saber qual a diferença entre a posse e porte de armas de fogo? Clique Aqui!

Gostou quer mais? Que tal saber um pouco sobre como ter acesso a armas Importadas?

Precisa de ajuda?